Notícias
17
Nov

O encontro dos Rios Carmo e Gualaxo

Post in Notícias
Avalie este item
(0 votos)

O encontro dos dois rios é bem cultural em tombado pelo decreto nº 158 de 01 de março de 2007 por seu valor ambiental, ecológico, paisagístico e cultural e tem seu contexto histórico relacionado à evolução da ocupação do território mineiro. As culturas indígenas e posteriormente os colonizadores utilizaram-se dos rios como vias de acesso ao interior do continente, fonte de alimento e sobrevivência. A área referente ao tombamento do “Conjunto Paisagístico do Encontro dos rios do Carmo e Gualaxo do Norte” estende-se de oeste a leste da sede do município de Barra Longa, Minas Gerais, e pertence à bacia hidrográfica do Rio Doce. Consiste, basicamente, em corpo hídrico e sua planície aluvial. O conceito geográfico de barra remete ao encontro de corpos hídricos, portanto a denominação de Barra Longa refere-se a esse processo fluvial observado a oeste da sede municipal, entre os rios do Carmo e Gualaxo do Norte. A área de tombamento do bem cultural denominado “Conjunto Paisagístico do Encontro dos Rios do Carmo e Gualaxo do Norte” localiza-se no encontro propriamente dito desses rios, abrangendo, também, trecho do rio do Carmo, que se estende da Ponte Quindumba à Ponte do Jurumirim e trecho do Rio Gualaxo do Norte da Ponte do Onça até a Ponte Jurumirim. A comunidade local utiliza-se do rio como área de lazer e pesca. A navegação se dá apenas por pequenos botes para entretenimento. A barra longa é popularmente chamada, no município, de “Rio Negro e Solimões mineiro” alusão ao encontro dos rios que formam o Amazonas, pois é possível observar que as águas não se misturam. Na área urbana, às margens do Rio do Carmo ao longo do município, foi construído, na década de 1990, calçadão e pista de corrida com plantio de palmeiras imperiais. A comunidade utiliza-se desta área como lazer e contemplação, sendo também ponto de encontro e reunião. Há, portanto, uma íntima ligação da comunidade barralonguense com o Rio do Carmo e o encontro deste com o Gualaxo, ou seja, a Barra Longa.